Abalando a República

Polícia Federal

HOJE NA HISTÓRIA – 31/03/15

Assine a tribuna

 

 

Dia 31 de Março de 2015

Signo                      : Áries

Estação                  : Outono

Fase                        : Crescente

    – Aniversário da Revolução de 1964

    – Dia da Saúde e Nutrição

    – Aniversário de morte do espiritualista francês Allan Kardec em 1869

    – Inauguração da torre Eiffel em Paris em 1889

    – É acionada a operação “Brother Sam”, patrocinada pelos EUA para ajudar a depor Jango em 1964

  – Dia da Integração Nacional

Santo do Dia:     São Benjamim

por saidnotlim Postado em Abertura

HOJE NA HISTÓRIA – 30/03/15

Assine a tribuna

 

 

Dia 30 de Março de 2015

Signo                      : Áries

Estação                  : Outono

Fase                        : Crescente

    – O cantor Lindomar Castilho mata a ex-esposa, Eliane de Grammont, em 1981

    – Aniversário de morte do ator James Cagney em 1986

Santo do Dia:     São João Clímaco

por saidnotlim Postado em Abertura

Quais são os sintomas da vesícula preguiçosa?

Vesícula

Vesícula preguiçosa é uma expressão popularmente usada para problemas digestivos com sintomas variados que, muitas vezes, não são originados na vesícula, como no caso da dispepsia ou do refluxo gastro-esofágico. A vesícula tem como função armazenar a bile (produzida no fígado) e eliminá-la no intestino, onde age na digestão das gorduras. Os distúrbios na vesícula levam à alterações no seu funcionamento podendo apresentar sintomas variados, dependendo do problema existente.

A presença de cálculos ou pedras na vesícula podem dificultar ou bloquear a eliminação da bile no intestino e isso provocar uma intolerância à alimentos gordurosos, frequentemente associada à enjoos e, às vezes, vômitos. Também pode ocorrer sensação de empachamento e gases (distensão abdominal), dor de cabeça e dor intensa e aguda do lado direito e superior do abdômen.

Outro sinal que pode surgir é a coloração amarelada da pele e mucosas quando ocorre uma obstrução (entupimento) no canal que leva a bile do fígado para a vesícula (duto colédoco), não permitindo a passagem da bile para o intestino, causando a icterícia obstrutiva.

A dispepsia tem como sintomas a dor no estômago, sensação de queimação, sensação de estômago cheio logo no início da refeição e de que os alimentos permanecem por tempo prolongado no estômago.

Para se identificar se o problema digestivo é causado pela vesícula biliar, pelo estômago ou fígado, é necessário recorrer a um especialista (gastroenterologista), que poderá utilizar, além da história e do exame clínico, o auxílio de exames de ultrassonografia, endoscopia e análises laboratoriais.

por saidnotlim Postado em Saúde

Salário mínimo subiria de R$ 788 para R$ 804 com reajuste pelo novo PIB

Contracheque

O salário mínimo seria hoje R$ 16 mais alto se a nova metodologia de cálculo do PIB (Produto Interno Bruto) estivesse em vigor desde o início do governo Dilma Rousseff.

A nova conta, adotada neste ano pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e estatística), resultou em valores mais elevados do PIB, cujo crescimento serve de base para o reajuste do mínimo.

Se adotados os números recalculados, como reivindicam centrais sindicais, o salário mínimo passaria dos atuais R$ 788 para R$ 804 mensais, com um ganho de 2% em seu poder de compra.

Se a variação parece pequena, o impacto no Orçamento federal seria uma despesa adicional de R$ 6 bilhões anuais em benefícios como aposentadorias, pensões, seguro-desemprego e abono salarial.

O gasto extra tornaria ainda mais difícil o cumprimento da meta de poupar R$ 66,3 bilhões neste ano para o abatimento da dívida pública.

Segundo lei aprovada em 2011, no início do primeiro mandato de Dilma, o piso salarial é elevado, a cada 1º de janeiro, de acordo com a variação da inflação nos 12 meses anteriores e a expansão do PIB de dois anos antes.

Com base nessa regra, o salário mínimo, de R$ 510 ao final de 2010, teve uma alta nominal de 54,5%. Para esse aumento foram consideradas as taxas de crescimento econômico entre 2009 a 2013.

Pela metodologia anterior do IBGE, o PIB acumulou alta de 14% nesse período, numa média de 2,6% ao ano. Com a mudança de critérios, os valores do PIB e as taxas de expansão anteriores foram recalculadas, e a alta média anual passou a 3,1%.

JlAa5(1)

O salário mínimo já era reajustado pela variação do PIB desde o segundo governo Lula, mas a fórmula só se tornou lei há quatro anos. Logo, o pleito sindical de correção dos valores deve se concentrar nesse período.

Ainda assim, a lei aprovada não parece dar margem a um questionamento na Justiça para a aplicação das novas taxas do PIB.

Pelo texto, “será utilizada a taxa de crescimento real do PIB para o ano de referência, divulgada pelo IBGE até o último dia útil do ano imediatamente anterior ao de aplicação do respectivo aumento real”. Ou seja, não se considera a hipótese de revisão posterior da taxa.

Apesar da restrição, as centrais sindicais ainda contam com o argumento político de que os avanços da economia não foram incorporados como deveriam ao piso salarial.

Ninguém quer nada com o PT

Caetano Martins-PV

De: Fabio Campana

“O PT é mais evitado que leproso na Idade Média”. A frase, forte, cáustica, é do colunista Vicente Ferreira. Traduz uma realidade que o partido de Gleisi Hoffmann enfrenta no Paraná. De maneira ainda mais drástica do que em outros estados.

A última decepçãodos petistas, depois de amargar o afastamento de Gustavo Fruet, do PDT, foi com o presidente do PV do Paraná, Francisco Caetano Martins (foto), que falou em alto e bom som nos corredores da prefeitura de Curitiba, que o PV vai editar uma resolução determinando que o PV não pode se coligar com o PT nas próximas eleições.

Aniversário de 322 anos de Curitiba – Capital dos Paranaenses

Fundada em 29 de março de 1693, Curitiba tornou-se a capital do Paraná em 1853. Um dos traços mais marcantes desde sua fundação é a forte presença de imigrantes das mais variadas procedências. Alemães, franceses, suíços, poloneses, italianos, ucranianos e brasileiros de diversas partes do país contribuíram para o crescimento da cidade e influenciaram de forma marcante os hábitos e costumes locais.

Estufa do Jardim Botânico de CuritibaCuritiba é uma palavra de origem Guarani (kur yt yba) que significa “grande quantidade de pinheiros”, no caso, a Araucaria angustifolia ou pinheiro-do-Paraná, árvore ainda muito presente na paisagem do estado.

Conheça mais sobre Curitiba clicando aqui.

Curitiba

HOJE NA HISTÓRIA – 29/03/15

Assine a tribuna

 

 

Dia 29 de Março de 2015

Signo                      : Áries

Estação                  : Outono

Fase                        : Crescente

    – Fundação da Cidade de Curitiba – PR

    – Aniversário de Salvador – BA

    – Elvis Presley grava seu primeiro disco em 1954

    – “Derzu Uzala”, filme de Akira Kurosawa, ganha um oscar em 1976

    – Aniversário de morte do militante político e escritor, Herbert Daniel em 1992

Santo do Dia:     São Estásio

por saidnotlim Postado em Abertura

Com essa Lula não contava

Lula Chorando

Editorial, Estadão

Em 2010, o presidente Lula surfava na popularidade e achava­-se insuperável. Tanto que escolheu um poste para lhe suceder ­ a chefe da Casa Civil Dilma Rousseff. Com os principais nomes do PT envolvidos no escândalo do mensalão, a escolha de Dilma parecia um golpe de mestre. Ela, que nunca tinha concorrido a uma eleição, podia apresentar­-se sem mácula ao eleitorado. E, principalmente, ao criar uma candidata sem sustentação política própria, Lula seria o seu esteio ­ e poderia continuar dando as ordens.

Diante das graves necessidades do País, a escolha de Dilma era um passo mais que arriscado. A Presidência da República exige não poucas habilidades administrativas e políticas nas quais a então candidata não tinha sido testada. Mas os interesses do País nunca pesaram muito nos cálculos de Lula. O importante era manter a continuidade do seu projeto de poder.

Como ficou evidente ao longo dos quatro anos do primeiro mandato de Dilma, a escolha de Lula significou um enorme prejuízo para o País. As piores expectativas concretizaram­se. Com o seu voluntarismo, sua inabilidade para a política, sua incompetência administrativa e, principalmente, sua incapacidade de enxergar objetivamente a realidade, Dilma simplesmente desgovernou o País, afetando negativamente todos os setores da economia.

A presidente Dilma Rousseff foi capaz de criar tamanho caos que, mesmo com todo o assistencialismo estatal ­ os repasses econômicos diretos do governo federal à população de baixa renda ­, por pouco a oposição não ganhou as eleições de 2014. Mas o fato é que o PT venceu mais uma eleição presidencial e Lula ganhava, assim, mais um round da vida política brasileira.

No entanto, o ex-­presidente esqueceu­-se de uma coisa. Ao escolher um poste para suceder-­lhe, não colocou em risco “apenas” o País. Lula não percebeu, na sua infinita esperteza, que aquela escolha significava mais do que pôr o interesse particular ­ a manutenção do PT no poder ­ acima do interesse coletivo. Ao escolher Dilma, ele estava colocando em risco o próprio PT. Lula não fez apenas um cálculo egoísta e irresponsável. Fez um cálculo errado.

Tanto é assim que o País assiste agora a um inusitado fenômeno. Ao invés de atrair apoios, o partido que controla o governo federal e deveria ter folgada maioria no Congresso provoca rejeição. É rejeitado por grande parte da população e, agora, por alguns de seus membros. Marta Suplicy foi a primeira a avisar que abandonaria o barco. Ao Estado, a senadora afirmou: “Ou o PT muda ou acaba”. Esperta, deu­-se conta dos rumos da opinião pública.

Mas Marta não é a única insatisfeita. O também senador Paulo Paim, petista histórico do Rio Grande do Sul, com quatro mandatos na Câmara e dois no Senado, também está preparando as malas. Em entrevista ao Estado, Paim afirmou que, caso as coisas se mantenham como estão, terá “muita dificuldade de ficar” no PT. E há outros tantos insatisfeitos nas bancadas petistas, incluindo outro senador, Walter Pinheiro (PT-­BA).

Diante dessa movimentação, Lula ­ que é muito ativo quando o seu interesse está em jogo ­ tem arregaçado as mangas e ido à luta. Em primeiro lugar, foi falar mais uma vez com a sua criatura, a presidente Dilma Rousseff. E num tom de voz que não deixava dúvidas quanto ao seu estado de ânimo. Agora, Lula vem gastando todo tempo que pode para dissuadir os insatisfeitos de dissentir ou desertar. Talvez tenha se dado conta de que não estão em jogo apenas as eleições de 2018 nem muito menos as de 2016. O que agora parece estar em jogo é a continuidade do PT como partido relevante na política brasileira. As recentes votações na CPI da Petrobrás ­ com a convocatória de João Vaccari Neto, tesoureiro do PT, e de Luciano Coutinho, presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ­ mostram um cenário impensável até bem pouco tempo atrás.Sem nem desconfiar, Lula pode ter assinado a sentença de morte do próprio partido, ao ter escolhido Dilma Rousseff para suceder-­lhe.

Os fatos dirão.