Metas atuais para o clima não evitam que Terra esquente 2,7°C, diz ONU

Tempo

ISABEL FLECK
DE SÃO PAULO

Um relatório divulgado pelas Nações Unidas nesta sexta-feira (30) mostra que, com as 119 metas de redução de gases estufa apresentadas por 146 países e pela União Europeia, que participarão da Conferência de Paris no fim do ano, a temperatura do planeta subirá 2,7°C até 2100.

O número é apresentado com certo otimismo pela Convenção do Clima da ONU, já que está bem abaixo do aumento de 4ºC ou 5ºC projetado antes da apresentação das chamadas INDCs (contribuição pretendida nacionalmente determinada, em inglês).

 No entanto, está acima do compromisso de um aumento de 2ºC que se esperava obter na 21ª conferência global da ONU sobre o clima, que tem início em 30 de novembro. Os 2°C são considerados o limite aceitável para evitar um cenário catastrófico de elevação do nível dos oceanos, inundações e estiagens.

Por isso, o relatório vem como um alerta, um mês antes da conferência, para que os países façam um esforço maior até lá. Na avaliação da ONU, as metas apresentadas até 1º de outubro servem de entrada para cortes que ainda podem ser feitos.

“As INDCs têm a capacidade de limitar a projeção do aumento da temperatura em 2,7ºC até 2100 –o que não é, de nenhuma forma, suficiente, mas que é muito menor que os estimados 4ºC, 5ºC ou mais de aquecimento projetados por muitos antes das INDCs”, disse a secretária-executiva da Convenção do Clima, Christiana Figueres.

O relatório mostra ainda que, com as propostas feitas pelos países, as emissões per capita, em todo o mundo, cairiam até 8% nos próximos dez anos e 9% até 2030.

Em números absolutos, isso representa um aumento nas emissões de 56,7 bilhões de toneladas de dióxido de carbono por ano até 2030. O número é 4 bilhões de toneladas menor que o esperado sem a adoção das metas.

As partes que apresentaram suas metas –que incluem todos os países desenvolvidos e os grandes emergentes– respondem por 86% das emissões globais de gases de efeito estufa.

Segundo a ONU, desde 1º de outubro, outros países apresentaram propostas de cortes, e é esperado que mais países se manifestem até a COP-21.

Em comunicado, o chanceler francês, Laurent Fabius, “exortou” todos os países a apresentarem suas metas até a Conferência de Paris como forma de tentar atingir o objetivo dos 2°C.

“Algumas previsões nos colocam em uma trajetória de elevação da temperatura entre 2,7°C e 3°C até o fim desse século. Isso confirma a importância de chegarmos, durante a COP-21, a um acordo que fixe regras capazes de rever periodicamente o aumento das contribuições nacionais”, disse Fabius.

O ministro francês demonstrou, contudo, otimismo com a reunião que terá com 80 ministros, de 8 a 10 de novembro, antes da conferência. “A pré-COP (…) deverá permitir o avanço da ambição a ser perseguida nessas questões centrais e do objetivo de longo prazo”, afirmou.

BRASIL

O governo brasileiro anunciou sua meta no fim de setembro, durante a Conferência da ONU para a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015, em Nova York.

O Brasil assumiu o compromisso de diminuir as emissões de poluentes em 37% até 2025 e em 43% até 2030, tendo como base 2005.

A meta foi considerada cômoda por muitos, já que, entre 2005 e 2012, as emissões do Brasil já tinham caído aproximadamente 40% com a redução de 80% do desmatamento.

Meta pelo climaBrasil planeja redução de 43% de emissões de gases do efeito estufa até 2030
Meta pelo climaBrasil planeja redução de 43% de emissões de gases do efeito estufa até 2030

A justificativa do governo é que o país vai manter o “horizonte” de redução das emissões, mas que manter o ritmo conseguido de 2005 a 2012 é um “esforço inaudito”.

A INDC do Brasil prevê ainda que a matriz energética brasileira terá participação de 23% de fontes renováveis, excluída a hidrelétrica, até 2030. Em junho, Dilma anunciara 20%. Energia solar, eólica e biomassa perfazem hoje 9% da matriz.

Contando com hidrelétricas, o objetivo é alcançar até 2030 participação de 45% de fontes renováveis. A média mundial é de 13%.

HOJE NA HISTÓRIA – 31/10/2015 – SÁBADO

 

Signo                      : Escorpião

Estação                   : Primavera

Fase                        : Minguante

    – Orson Wells causou pânico ao transmitir pelo rádio “a guerra dos mundos” em 1938

    – Aniversário de morte do cineasta Frederico Fellini em 1993

    – Acidente com avião da TAM em São Paulo que matou 99 pessoas em 1996

    – Dia Mundial da Poupança e Dia Mundial da Economia

    – Aniversário de Dunga e Carlos Drummond de Andrade

    – Dia da Dona de Casa

    – Dia do Repórter Policial

    – Dia da Normalista

Santo do Dia      : Santo Afonso Rodrigues

Universidade londrinense sedia evento sobre segurança na aviação

Aviação

De 5 a 6 de novembro, a Unopar, campus Piza, sedia a 3ª edição do Estágio de Padronização da Instrução Aérea (EPIA). Promovido pelo Quinto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA V), com participantes de várias regiões do Brasil e de outros países como o Paraguai, o evento visa difundir boas práticas e ferramentas de padronização para a aviação de instrução.

Divulgação

Para aperfeiçoar o trabalho de instrutores e melhorar o desempenho de alunos que trabalharão na atividade, as palestras abordam temas como o atual panorama da aviação no Brasil, aspectos psicológicos, didática e comunicação, aerodinâmica e desempenho em aeronaves de baixa performance, legislação e ainda os erros mais comuns em acidentes de instrução.

O evento é gratuito e já conta com mais de 300 inscritos. Os interessados devem se inscrever através do link http://goo.gl/forms/XpPF7EPtwd.

Podem participar membros da direção de aeroclubes e escolas de aviação, proprietários, gerentes de segurança operacional, instrutores de voo e alunos.
Mais Informações pelo telefone (51) 3462.1333.

Do Bonde

 

HOJE NA HISTÓRIA – 30/10/2015 – SEXTA-FEIRA

Aviso-importante

OBRIGADO PELA COMPREENSÃO. DEVIDO AOS TEMPORAIS QUE OCORRERAM NA MINHA REGIÃO, ACONTECERAM QUEDAS DE ÁRVORES QUE DANIFICARAM AS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS E DEVIDO A ISTO, ESTIVE ATÉ HOJE SEM CONEXÃO DE INTERNET.

AGORA VOU ATUALIZAR AS INFORMAÇÕES DO BLOG.

 

Signo                      : Escorpião

Estação                   : Primavera

Fase                        : Minguante

    – Dia Nacional do Ginecologista e Obstetra

    – Dia do Comerciário Brasileiro

    – Nelson Piquet conquistou o tricampeonato mundial de F1 em 1987

    – Ayrton Senna conquistou seu primeiro campeonato de F1 em 1988

    – Aniversário de morte da Dra. Nise da Silveira em 1999

    – Dia do Material Bélico do Exército

    – Dia da Reforma da Igreja Protestante

Santo do Dia      : São Germano

Entidades médicas alertam para sintomas do AVC

AVC

Entidades médicas estão aproveitando o Dia Mundial de Combate ao AVC, lembrado hoje, 29/10, para alertar a população sobre os sintomas que podem ser sinais de um acidente vascular cerebral, popularmente conhecido como derrame. Quanto antes o problema for percebido, maiores as chances de recuperação sem sequelas.

Divulgação

Os principais sintomas de um AVC são a paralisia súbita de um lado do corpo, perda de sensibilidade, tontura e dificuldade de visão, fala e compreensão. Se acometido por um ou vários desses sintomas, o paciente deve ser submetido a um teste.

“De uma forma mais simplista, mundialmente a gente tem alertado que se a pessoa sorri e o sorriso não está normal, se levanta os braços e um braço tem fraqueza em relação ao outro e se você tenta repetir uma determinada frase e tem dificuldades, isso tudo pode ser sinal de um AVC”, disse Hideraldo Cabeça, neurologista membro do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Além de perceber as três características, o especialista ressalta que é muito importante saber a que horas os sintomas começaram, para a administração do medicamento adequado. O atendimento médico prestado até quatro horas depois dos primeiros sintomas pode ser mais eficiente e o paciente pode ter menos sequelas. As vítimas de AVC podem ficar com sequelas como paralisia facial e de membros, dificuldades de falar, de andar, de segurar objetos, de compreensão, entre outras.

Segundo estudo da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, 3 em cada 10 pessoas não sabem identificar qualquer sintoma ou sinal relacionados ao AVC. “Quanto mais pessoas souberem que é possível prevenir o AVC e que, na fase aguda, o serviço médico deve ser acionado imediatamente, menor o número de pessoas sequeladas”, ressaltou Hideraldo.

O Conselho Federal de Medicina e a Academia Brasileira de Neurologia começam hoje campanha informativa pelas das redes sociais para difundir estas informações à população.

Apesar da gravidade, Hideraldo Cabeça ressalta que o AVC é um transtorno que em muitos casos pode ser evitado com hábitos de vida saudáveis. “É preciso alertar que a maioria dos AVCs ocorre por fatores modificáveis. Uma alimentação inadequada, com muito sal e açúcar, aliada ao sedentarismo e à obesidade, são hábitos que propiciam o surgimento do AVC”.

Segundo o especialista, os hábitos de vida e alimentação têm levado pessoas cada vez mais jovens a sofrerem AVC. Considerada uma doença de idosos, o AVC tem atingido cada vez mais pessoas entre 35 e 45 anos. Dados do Ministério da Saúde mostram que em 2012, 4 mil pessoas entre 15 e 34 anos foram internadas no país por causa do problema.

O principal fator de risco para a ocorrência do AVC é a hipertensão arterial. Em seguida, vem arritmia cardíaca, diabetes, tabagismo, colesterol alto e obesidade. Além disso, segundo Hideraldo Cabeça, existem fatores genéticos que aumentam as chances de um AVC. Pessoas negras e asiáticas com mais de 55 anos de idade têm mais chances de passar por um derrame.

O AVC atinge 16 milhões de pessoas no mundo, todos os anos, causando 6 milhões de óbitos. No Brasil, são cerca de 190 mil casos por ano, com 68 mil mortes.

Existem duas causas para o AVC. O tipo mais comum, que responde por 85% dos casos, é o AVC isquêmico, acontece quando há entupimento da artéria por um coágulo. O outro é o hemorrágico, que ocorre com a ruptura de um vaso sanguíneo. Em ambos, a parte do cérebro afetada não recebe o oxigênio necessário e o paciente começa a comprometer neurônios.

HOJE NA HISTÓRIA – 29/10/2015 – QUINTA-FEIRA

 

Signo                      : Escorpião

Estação                   : Primavera

Fase                        : Cheia

    – Criação da Biblioteca Nacional em 1810

    – Getúlio Vargas é deposto pelo movimento militar

    – Publicação do primeiro número de “Asterix e Obelix” em 1959

    – Dia Nacional do Livro

    – Dia da Universidade Católica

 

Santo do Dia      : São Narciso

Conheça os britânicos que se preparam para o fim do mundo

Preppers

 

BBC

Próximo a um canal em uma área rural do condado britânico de Bedfordshire, Peter Stanford – que diz trabalhar como terapeuta motivacional – está enchendo sua canoa inflável.

Ela é o meio de transporte escolhido por Sanford para escapar do que chama de “situação apocalíptica”. De uma crise financeira a uma repetição dos violentos distúrbios nas ruas de Londres em 2011.

“Não viverei tenso à espera desse tragédia”, explica.

Bandeira polêmica

Stanford espera pelo pôr do sol para treinar uma rotina de fuga. À noite, segundo ele, seria mais fácil escapar, em especial para não ser visto por outras pessoas que possam querer roubar suas coisas. Já comprou até uma segunda canoa para que o filho e a ex-mulher também escapem.

“Temos estratégias e mesmo um lugar para nos encontrarmos”, diz Stanford.

Sua decisão de se tornar um prepper (indivíduo que se prepara para um grande catástrofe) foi tomada há 20 anos, depois de conversas com amigos militares que tinham servido em partes do mundo destruídas pela guerra.

BBC
A rede de canais britânica é vista por Sanford como ideal para se locomover.

O militarismo é tema recorrente no discurso prepper. Também, em Bedfordshire, Lincoln Miles tem em sua fazenda o que diz ser a primeira loja especializada para a “tribo” na Europa. Vende tudo, de balestras a roupas que supostamente protegem o usuário dos efeitos de um ataque nuclear.

“Abri a loja para atender à demanda (por esse tipo de produto)”, explica Miles.

É difícil saber quantos preppers há no Reino Unido. A maioria mantém suas atividades em segredo. Mas a internet está repleta de grupos de discussão sobre o assunto e que inclui guias detalhados sobre preparativos e providências.

A loja de Miles oferece vários tipos de facas – mas a posse de facas ou lâminas é controlada no Reino Unido, o que poderia colocar muitos preppers em maus lençóis com a polícia. Mas o item particularmente controverso da loja é a bandeira confederada usada pelas tropas do sul na Guerra Civil Americana. É um símbolo associado a racismo e ao passado escravocrata americano, mas que para o fazendeiro é apropriado para simbolizar a causa dos que se preparam para o apocalipse.

“É um símbolo de liberdade e de distanciamento do governo. De como você só pode confiar em sim mesmo, ninguém mais”, justifica Miles, que também tem a bandeira confederada tatuada no braço.

BBC
A loja do fazendeiro Miles vende balestras

O movimento prepper é mais forte nos Estados Unidos, e baseado em ideias de autossustentabilidade e liberdade.

“Temos aparelhos que impedem o governo de rastreá-los. É um fato que o governo está rastreando nossas comunicações”.

A ideia de “cada um por si” é recorrente no mundo dos preppers, que parecem muito mais preocupados com a sobrevivência individual que a da comunidade como um todo.

Nas florestas de Hertfordshire, Michael Sanderson, conhecido como Roach, mostra seu carro adaptado, que inclui uma tenda no teto, grande o suficiente para abrigar uma família, além de uma cozinha acoplada em que ele está fritando linguiças.

“É uma questão de viver com simplicidade. Não quero que o mundo acabe e que coisas ruins aconteçam com boas pessoas. Mas não tenho como controlar o mundo”, diz Roach.

Ele é um ex-militar que passou a maior parte de sua carreira trabalhando como paramédico. Diz ter visto coisas que muitos não gostariam de testemunhar.

BBC
Miles minimiza o uso da bandeira confederada americana

“Não sou paranoico. Estamos nos preparando para tudo: o que aconteceria se você perdesse seu emprego amanhã? Você teria comida e dinheiro o suficiente para cuidar de sua família?”

O apelido Roach vem de seu canal no YouTube, em que compartilha exemplos de seus preparativos com outros preppers ao redor do mundo. Ele acredita que quem não se prepara para catástrofes é ingênuo.

“Quando as pessoas dizem não acreditarem que eu seja um prepper, respondo: ‘Não acredito que você não seja’. Subestimamos o quão rápido as coisas podem se deteriorar”.

Roach admite que algumas de suas práticas podem ser exageradas aos olhos de muitos, mas argumenta que muita gente é prepper sem saber.

“Se você junta dinheiro no banco para uma emergência, você é prepper. Se você decide que se prepara para o futuro, isso é prepping”.

HOJE NA HISTÓRIA – 28/10/2015 – TERÇA-FEIRA

 

Signo                      : Escorpião

Estação                   : Primavera

Fase                        : Cheia

    – Dia do Funcionário Público

    – Inauguração do Metrô de New York em 1904

    – O Capítão Luiz Carlos Prestes liderou um levante no Rio Grande do Sul em 1924

    – Judeus passam a ser identificados pelo Reich com uma estrela em 1939

    – Aniversário de Garrincha

Santo do Dia      : São Simão e São Judas Tadeu

Best-seller sugere que dinheiro seja administrado em seis contas

Mente Milionária

Da Biblioteca da Folha

Escrito por T. Harv Eker, fundador de uma escola de negócios e consultor de carreira, “Os Segredos da Mente Milionária” é um best-seller nos Estados Unidos e no Brasil desde o seu lançamento.

O autor propõe aos leitores uma reflexão sobre o que chama de “o seu modelo de dinheiro”– um conjunto de crenças alimentados desde a infância e que molda a forma como cada pessoa lida com dinheiro.

Dividido em duas partes, o livro mostra como substituir uma mentalidade financeira inábil por 17 “arquivos de riqueza”, que, segundo Eker, diferencia a postura das pessoas ricas das demais.

Dois exemplos: “Arquivo de riqueza nº 8: As pessoas ricas gostam de se promover. As pessoas de mentalidade pobre não apreciam vendas nem autopromoção” e “Arquivo de riqueza nº 11 – As pessoas ricas preferem ser remuneradas por seus resultados. As pessoas de mentalidade pobre preferem ser remuneradas pelo tempo que despendem”.

Um capítulo é dedicado a falar sobre como pessoas abonadas administram seu dinheiro e sugere que casa pessoa abra seis tipos de contas: conta para investimentos, em que devem ser aplicados 10% da renda; conta de poupança e despesas de longo prazo, também com 10%; conta da instrução financeira, outros 10%; conta das necessidades básicas, a que recebe mais, com 50% de depósito; conta da diversão, com 10% e a última, a conta das doações, recebe os 10% restantes.

 

HOJE NA HISTÓRIA – 27/10/2015 – QUARTA-FEIRA


Signo                      : Escorpião

Estação                   : Primavera

Fase                        : Cheia

    – Eleições 2002 – 2º Turno

    – Formatura da primeira turma de bacharéis em Direito do Brasil em 1831

    – Aniversário de inauguração do bondinho do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro em 1912 

    – Oscar Schimidt conquista o título de maior cestinha da história do basquete em 2001

    – Dia Oficial do Músico

    – Dia Mundial da Oração pela Paz

    – Aniversário do Pixuleco

Santo do Dia      : São Frumêncio