HOJE NA HISTÓRIA – 29/02/2016 – SEGUNDA-FEIRA

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Minguante

    – Fim da Guerra dos Farrapos com a paz assinada por Caxias e Canabarro em 1845

    – Dia do Turismo

    – Aniversário de morte do político e escritor Rui Barbosa em 1923

Santo do Dia      : São Bartolomeu

Anúncios
por saidnotlim Postado em Abertura

O que sua pupila diz sobre você?

Pupila

Seus olhos dizem muito sobre você. Como já afirmava Leonardo Da Vinci “Os olhos são a janela da alma e o espelho do mundo”. De acordo com as informações divulgadas pelo Psy Blog, algumas informações bem interessantes podem ser percebidas através de um simples olhar. Pupilas dilatadas ou contraídas tem muito conteúdo, no qual você pode conferir a seguir.

1 – Você está pensando muito
Se alguém faz uma pergunta difícil e você começa a pensar na resposta logo em seguida, suas pupilas ficam mais dilatadas – quanto mais seu cérebro trabalha, mais suas pupilas se abrem.

2 – Tem alguma coisa errada com o seu cérebro
Pupilas dilatadas nem sempre indicam que você está apenas pensando, e é justamente por isso que médicos têm o costume de jogar aquela luz no olho do paciente – assim dá para saber se o cérebro está trabalhando bem. A regra é simples: as pupilas devem estar iguais, circulares e reagentes à luz.

3 – Alguma coisa está prendendo a sua atenção
Se alguém está interessado realmente naquilo que você está dizendo, e possível que as pupilas dessa pessoa se dilatem. Em um estudo realizado em 1977, um grupo de voluntários ouviram três livros: um erótico, um envolvendo mutilação e um neutro. Eles ficaram com as pupilas dilatadas apenas quando ouviram as histórias eróticas e as violentas.

4 – A pessoa está sexualmente excitada
Todo o corpo responde ao excitamento sexual, inclusive as pupilas, que se dilatam tanto em homens quanto em mulheres.

5 – Alguém está chocado com alguma situação
Nesse caso, as pupilas tendem a se dilatar no início do choque, como quando você vê uma situação de violência; mas elas se fecham em seguida, em uma tentativa de evitar que você continue vendo aquela cena.

6 – Você está sentindo dor
Se você sente uma dor repentina, independente do motivo, suas pupilas se dilatam – essa dilatação varia de acordo com a intensidade da dor.

7 – Quando uma pessoa usa drogas
Álcool e drogas derivadas do ópio contraem as pupilas; já a anfetamina, a cocaína, o LSD e a mescalina deixam as pupilas bastante dilatadas.

 

(com informações do site MegaCurioso)

HOJE NA HISTÓRIA – 28/02/2016 – DOMINGO

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Minguante

    – O desfile com carros alegóricos substitui o violento Entrudo no carnaval carioca em 1854

    – Aniversário de morte da compositora Chiquinha Gonzaga em 1935

    – 20 anos de surgimento do CD na Europa

    – Aniversário de Linus Pauling

    – Aniversário de Paulo Mendes Campos

Santo do Dia      : São Romão e São Lupicino

HOJE NA HISTÓRIA – 27/02/2016 – SÁBADO

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Minguante

    – Dia do Agente Fiscal da Receita Federal

    – Bento Gonçalves, trava duelo de sabres

    – Os raios X são utilizados pela primeira vez em uma cirurgia em 1910

    – Dia Nacional do Livro Didático

    – Aniversariantes famosos: Djalma Santos, Carlos Alberto Parreira e Lucio Costa

Santo do Dia      : São Gabriel da Virgem Dolorosa

HOJE NA HISTÓRIA – 26/02/2016 – SEXTA-FEIRA

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Minguante

    – Aniversário de morte do ator Older Cazarré em 1992

    – World Trade Center em Nova York sofre seu primeiro atentado terrorista

    – Dia da Criação do Ibama

    – Nascimento do Presidente Wenceslau Brás Pereira Gomes

Santo do Dia      : São Porfírio de Gaza

Por que ninguém viu ‘bola de fogo’ de energia similar à bomba atômica perto da costa do Brasil?

Bola de Fogo

Na terça-feira, a Agência Espacial Americana, a Nasa, anunciou ter detectado a maior “bola de fogo” registrado na Terra desde 2013, com localização a pouco mais de mil quilômetros da costa do Brasil. O termo é usado para descrever meteoros de brilho incomum e, consequentemente, mas fáceis de serem visto.

Pouco se sabe sobre o evento, que até agora parece ter sido detectado apenas pela Nasa, como parte de um programa de mapeamento de asteroides – conhecido como NEO e que inclui uma rede de satélites militares previamente usado para monitorar testes nucleares.

Até porque a agência estima que o objeto tenha explodido a 31km de altura, em 6 de fevereiro. Pelos cálculos da agência, a explosão liberou o equivalente a 13 mil toneladas de dinamite, força de dimensões relativamente semelhantes à da bomba atômica.

O meteoro se desintegrou, mas algumas perguntas ficaram.

Quão perigoso foi o evento?

Segundo a Nasa, objetos espaciais com menos de 100m de extensão e feitos primariamente de rochas tendem a se romper em grandes altitudes ao entrar na atmosfera da Terra. Dados fornecidos pelos satélites americanos revelam que a maioria deles se desintegra sem sequer atingir o solo, o que explicaria por que muitas vezes não os vemos.

O problema são os asteroides compostos por metal, que podem resistir à entrada na atmosfera.

Mas a última vez em que um objeto causou danos significativos foi em 1908, quando um asteroide ou cometa medindo de 60m a 190m explodiu a cerca de 10km de altura sobre a região da Sibéria, na Rússia, liberando energia mil vezes maior que a da bola de fogo deste mês.

AP
Tunguska, na Sibéria, teve área devastada por explosão em 1908

Felizmente, a explosão ocorreu sobre uma região pouquíssimo habitada na época. Não há relato de vítimas. Mas cientistas estimam que uma área de 2.000km quadrados (e 80 milhões de árvores) foi devastada pela energia liberada, e que as ondas de choque derrubaram pessoas a 60km do epicentro. O potencial, segundo astrônomos, seria suficiente para arrasar Londres e seus subúrbios, causando milhões de mortes.

A destruição poderia ser bem pior caso houvesse choque com a superfície: uma hipótese científica alega que o impacto de um meteoro possa ter sido responsável pela extinção dos dinossauros, há 65 milhões de anos. Mas acredita-se que o objeto medisse pelo menos 10km de diâmetro.

Quais são as chances de impacto?

Astrônomos se fiam em estatísticas para estimar que asteroides de pelo menos 50m de diâmetro podem atingir a terra uma vez a cada século. Corpos com mais de 1km têm probabilidade de colidir com planeta uma vez a cada 100 mil anos. Ao mesmo tempo, segundo a Nasa, a Terra é constantemente atingida por asteroides – pelo menos 100 toneladas de objetos.

Mas a maioria deles é pequena demais para passar pela atmosfera terrestre. As “bolas de fogo” ocorrem pelo menos uma vez por ano.

E ainda não existe registro oficial de mortes por asteroides.

HOJE NA HISTÓRIA – 25/02/2016 – QUINTA-FEIRA

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Minguante

    – Criação do Ministério das Comunicações em 1967

    – Aniversário de morte do escritor Mário de Andrade em 1945

    

Santo do Dia      : São Cesário

HOJE NA HISTÓRIA – 24/02/2016 – QUARTA-FEIRA

Verão

Signo                      : Peixes

Estação                   : Verão

Fase                         :  Cheia

    – Fundação do Instituto Pasteur no Rio de Janeiro

    – Juan Domingo Peron é eleito presidente da Argentina em 1946

   

Santo do Dia      : São Sérgio

‘Bola de fogo’ explode sobre Atlântico a mil quilômetros da costa do Brasil – 23/02/2016 – Ciência – Folha de S.Paulo

 

MeteoroO maior meteoro já visto desde o que atingiu a cidade russa de Chelyabinsk há 3 anos entrou na atmosfera da terra sobre o oceano Atlântico, perto da costa brasileira.

Fonte: ‘Bola de fogo’ explode sobre Atlântico a mil quilômetros da costa do Brasil – 23/02/2016 – Ciência – Folha de S.Paulo