Chuva e temporais estão previstos para o final de semana na região

Chuva

Chuva

De acordo com metereologistas do Instituto Simepar, chove na região norte do Paraná, a partir desta quinta-feira (30).
O instituto prevê o avanço de uma frente fria pelo Sul do país, que deixará o tempo instável com chuvas significativas em todas as regiões paranaenses, inclusive em Arapongas.
Apesar do aumento da umidade, que deve melhorar a qualidade do ar, o calor deve permanecer próximo dos 30º C durante todo o final de semana.
O encontro das massas contribui para a formação de tempestades isoladas na região.

Câmara derruba decreto de Dilma que cria conselhos populares

brasil-plenario-20140325-01-size-598

Da Veja:

A Câmara dos Deputados reagiu e, enfim, derrubou nesta terça-feira o decreto da presidente Dilma Rousseff, destinado a criar conselhos populares em órgãos da administração pública. A matéria foi assinada no final de maio em uma canetada da presidente e foi alvo de críticas de juristas e parlamentares. O Senado ainda tem de avaliar o projeto de decreto legislativo para que a determinação do Planalto seja suspensa.

A derrubada da matéria é uma reivindicação antiga da oposição e se deu dois dias após as eleições, indicando a turbulência que Dilma encontrará no Congresso no novo mandato. “Essa derrota é para mostrar que o discurso de conversa com o Congresso não poder ficar só na teoria”, resumiu o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA).

Tão logo foi apresentado, no início de julho, o projeto que sustava o texto palaciano teve adesão maciça de partidos de oposição e da base, contando inclusive com o apoio do PMDB, maior aliado do governo. Na Câmara, a matéria ganhou regime de urgência, o que permitiu que fosse direto ao plenário antes de tramitar pelas comissões. O projeto de decreto legislativo que pedia a suspensão da canetada de Dilma foi pautado nesta terça por Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Casa que saiu derrotado na disputa ao governo do Rio Grande do Norte. Alves credita sua derrota à falta de apoio da presidente Dilma e ao fato de que o ex-presidente Lula chegou a participar da propaganda eleitoral do adversário Robinson Faria (PSD), eleito para o governo potiguar. Durante a sessão, o presidente convocou os deputados para que se mantivessem no plenário e garantissem a aprovação do texto. A derrubada do decreto foi aprovada em votação simbólica.

‘Sociedade civil’ –
O decreto número 8.243/2014 foi criado sob o pretexto de instaurar a Política Nacional de Participação Social (PNPS) e o Sistema Nacional de Participação Social (SNPS). Mas, na prática, prevê a implantação de “conselhos populares”, formados por integrantes de movimentos sociais, vinculados a órgãos públicos. A matéria instituiu a participação de “integrantes da sociedade civil” em todos os órgãos da administração pública. Porém, ao trazer uma definição restritiva de sociedade civil, representa um assombroso ataque à democracia representativa e à igualdade dos cidadãos ao privilegiar grupos alinhados ao governo.

O decreto do Palácio do Planalto é explícito ao justificar sua finalidade: “consolidar a participação social como método de governo”. Um dos artigos estabelece, em linhas perigosas, o que é a sociedade civil: “I – sociedade civil – o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações”. Ou seja, segundo o texto assinado por Dilma, os movimentos sociais – historicamente ligados ao PT – são a representação da sociedade no Estado Democrático de Direito.

A votação, que se arrastou por mais de duas horas, foi marcada por debates acalorados. “Numa democracia, quem escolhe o representante é o cidadão, é o povo. Com esse decreto, a presidente quer que essa escolha seja feita pelo próprio PT. Isso é um regime autoritário”, afirmou o líder do PSDB, deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA). “A Casa tem de se pronunciar. Não há espaço para que haja uma omissão do Parlamento brasileiro tendo em vista um quadro tão grave. A presidente Dilma prega dialogar, chama a nação para uma ampla negociação, mas impõe, via decreto presidencial, um modelo de consulta à população que é definido pelo Poder Executivo. É uma forma autocrática, autoritária, passando por cima do Congresso Nacional. Esse é um decreto bolivariano que realmente afronta o Poder Legislativo”, continuou o líder do DEM, deputado Mendonça Filho (PE).

O PT tentou evitar a derrota a todo custo. Sabendo que não funcionaria no diálogo, o partido apresentou uma série de requerimentos, entre eles para adiar a sessão e retirar a matéria de pauta, mas todos foram rejeitados.

EJA – Exposição de Trabalhos

Numa parceria com o site Jandaia Web, publicamos a reportagem da EJA  – Ensino de Jovens e Adultos, ocorrida em 28/10 na escola. Trata-se de uma apresentação patrocinada pelo DEC – Departamento de Educação de Jandaia do Sul e o SICREDI.

por saidnotlim Postado em Eventos

GOVERNO PREPARA AUMENTO NA GASOLINA

Gasolina

Gasolina

O governo tem a expectativa de acalmar o mercado financeiro, com o anúncio do reajuste dos preços dos combustíveis, que deve sair em breve, de acordo com informação do Estadão Conteúdo.

A ideia seria melhorar o mercado e atender às necessidades da Petrobrás, mas o reajuste deve ser menor do que vem sendo pedido pela atual presidente da estatal, Graça Foster, nos últimos meses. O Palácio do Planalto ainda não decidiu sobre quando será o aumento do preço, mas o tema está na pauta da reunião do conselho de administração da companhia.

Após o fim das eleições do último domingo (26), a Petrobrás divulgou dois comunicados positivos aos investidores, mas as ações continuaram em queda durante a segunda-feira (27). As ações preferenciais caíra, 12,33% e as ordinárias 11,34%.

O reajuste dos combustíveis que vai melhorar o ânimo do mercado, de acordo com as perspectivas do governo, está marcado para a próxima sexta-feira (31). O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já afirmou que o valor deve subir ainda este ano.

RESUMO DA SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE JANDAIA DO SUL EM 27/10/14

REQUERIMENTOS:

Requerimento apresentado pelo Vereador MILTON DE MARTINI LOPES VILLAR solicitando ao Executivo Municipal para que coloque os SEMÁFOROS da Avenida Dr. Getúlio Vargas e da Rua Dr. Clementino Schiavon Puppi em SINCRONIA e com a velocidade compatível com os distanciamentos entre eles (semáforos). Senhor Prefeito é um trabalho que, se aceito e realizado, por Vossa Excelência e equipe, trará grandes benefícios aos usuários da referida avenida e rua de nossa cidade, pois o trânsito fluirá muito melhor.

Requerimento apresentado pelo Vereador JOSÉ CARLOS DA SILVA NUNES para que envie expediente ao DER – Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná solicitando que arrume as entradas do Distrito de São José de nossa cidade, nos dois lados da pista, tanto em frente ao Embutidos Koteski quanto na frente da Frutaria. Também solicita a instalação de radar eletrônico para coibir acidentes que ocorrem sempre naquele trevo.

Requerimento apresentado pela Vereadora CELIA CORREA CAVASSANI solicitando ao Senhor Prefeito Municipal para que seja encaminhado a esta Casa de Leis, informativo detalhado dos gastos com Assistência Social no ano de 2014, indicando os beneficiários, endereços e participações nos programas. Solicita ainda que informe informada quais os programas próprios e convênios firmados pelo Município, individualizando-os. JUSTIFICATIVA: O presente requerimento tem por fim certificar o cumprimento orçamentário, bem como o acesso dos benefícios para a população mais necessitada do Município de Jandaia do Sul, pelo que cabem aos Vereadores a apuração dos recursos recebidos e recursos aplicados.

INDICAÇÕES:

Indicação nº 21/2014 apresentada pelo Vereador WESLEY MARTINS DE LIMA solicitando ao Senhor Prefeito para que verifique a possibilidade de escrever “PARE” em todas as ruas não preferenciais da cidade, até que sejam adquiridas as Placas de Sinalização, tendo em vista a freqüência de pequenos acidentes, onde os condutores desconhecem quem efetivamente tem a preferência e após o acidente ocorrido desconhecem quem está ou não com a razão. 

Indicação nº 60/2014 apresentada pelo Vereador MILTON DE MARTINI LOPES VILLAR solicitando ao Senhor Prefeito que envie a lei “Zona de Urbanização Específica” (ZUE), em anexo, para a Câmara de Vereadores para apreciação. Senhor Prefeito, esta é uma Lei que beneficiará diretamente aos agricultores de nossa cidade, pois quem tem vontade de lotear sua propriedade rural fará um requerimento a Vossa Excelência que por sua vez verificará a possibilidade ou não de aprovar o loteamento da propriedade. É uma Lei que não terá despesa para o município e, com certeza, muito contribuirá para com Jandaia do Sul e seus agricultores. Além disso, indiretamente beneficiará toda população de Jandaia do Sul mediante a disponibilização de imóveis que também poderão servir de suas residências.

Indicação nº 24/2014 apresentada pela Vereadora CELIA CORREA CAVASSANI solicitando ao Senhor Prefeito que promova encaminhamento de uma Lei Municipal para reposição dos vencimentos dos servidores públicos municipais em JANEIRO de 2015 considerando que foi encaminhando tardiamente no ano de 2014. Oportunidade, ainda, em que pede seja dado aumento real aos servidores, uma vez que estes permaneceram muito tempo sem reposição, colocando-os muito abaixo de outros servidores em cidades vizinhas e de menor porte, confirmando a injustiça com nossos servidores. Lembrando, aliás, que ignorar tal medida configura atualmente inconstitucionalidade por omissão do agente político.

Indicação nº 25/2014 apresentada pela Vereadora CELIA CORREA CAVASSANI solicitando ao Senhor Prefeito que promova a entrega de cestas natalinas aos servidores públicos municipais sem qualquer distinção de cargo, função ou vinculo com a administração pública local. Senhor Prefeito, cumpridas todas as exigências da Casa, espera a Vereadora que sua indicação seja atendida pelo Senhor Prefeito Municipal.

Indicação nº 61/2014 apresentada pelo Vereador MILTON DE MARTINI LOPES VILLAR solicitando ao Senhor Prefeito para fazer um estudo e achar uma maneira de forçar os proprietários de terrenos a arrumar suas calçadas e muros. Senhor Prefeito temos terrenos no centro da cidade com calçadas (passeio) e muros todo arrebento. As pessoas que usam a calçada têm que pisar no barro, quando tempo chuvoso ou no pó quando tempo seco. E o pior, calçadas estragadas no centro da cidade, só como exemplo cito uma em frente ao Supermercado “Cidade Canção”, local onde recebemos muitos visitantes.

Indicação nº 31/2014 apresentada pela Vereadora SONIA IVETE MACIEL solicitando ao Senhor Prefeito para que permaneça aberta a Farmácia do PAM – Pronto Atendimento Municipal de nossa cidade no horário do almoço. Senhor Prefeito reconhecemos a dificuldade de pessoal para garantir que a Farmácia funcione nesse período, mas é uma necessidade para que fique em pleno funcionamento no horário do almoço, pois tem muitos trabalhadores que só tem esse horário para buscar seus medicamentos.

Indicação nº 18/2014 apresentada pelo Vereador JOSÉ CARLOS DA SILVA NUNES solicitando ao Senhor Prefeito que realize reparos na Rua Jandaia que fica em frente ao Campo no Distrito do São José em nosso município.

Indicação nº 20/2014 apresentada pelo Vereador NATANAEL RODRIGUES DOS SANTOS solicitando ao Senhor Prefeito que realize os serviços de recuperação do prolongamento da Rua Professor Wilson Roberto Veroni, proximidade do Country Club, inclusive com a colocação de cascalho ou piçarra e fazendo a compactação com o rolo compressor a fim de deixar aquele local mais transitável e atender aos muitos pedidos dos moradores e usuários daquele local.

Indicação nº 28/2014 apresentada pelo Vereador JOSÉ ROBERTO BRASILEIRO solicitando ao Senhor Prefeito a inclusão do Programa Minha Casa Minha Vida – PMCMV – até R$1600,00 – Recursos FAR (Fundo de Arrendamento Residencial) para amenizar o déficit habitacional dessa faixa de renda familiar existente em Jandaia do Sul. Justificativa: O programa do Governo Federal é realizado em parceria com os estados e municípios, gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela CAIXA. O objetivo do Programa é a produção de unidades habitacionais, atende às famílias que possuem renda familiar mensal até R$1.600,00.

Aniversariantes de 28-10-14

Edilaine Lima aniversaria e recebe os parabéns do esposo Vereador Wesley Martins de Lima

Edilaine Lima-

Edilaine Lima-

Geverson Gobetti recebe o carinho da esposa Alessandra Brandão neste aniversário

 

Geverson Gobeti

Geverson Gobeti

Apucaranense morre em grave acidente no Vale do Ivaí nesta segunda-feira (27)

Acid-Rod.Milho

Acid-Rod.Milho

O Hospital da Providência confirmou o falecimento do Apucaranense Mitsutoki Takaki, na madrugada desta terça-feira (28). Segundo informações da PRE do Porto Ubá a vítima sofreu acidente em Borrazópolis.

A tragédia foi registrada do trevo de Borrazópolis que da acesso a Rodovia do Milho, saída para a cidade de Novo Itacolomi, na tarde desta segunda-feira (27).   Segundo informações um  Corolla de Kaloré,  conduzido –  Jaqueline Labegaline, que trafegava de Faxinal sentido Borrazópolis Kaloré, bateu na lateral de uma Montana com placas de Apucarana, conduzido por Mitsutoki Takaki,  que tentou cruzar a preferencial do trevo sem observar a aproximação do Corolla.

Mitsutoki Takaki morava em Apucarana em frente ao Detran, mas geralmente ficava a semana toda na propriedade da família em Borrazópolis.

Fonte: AN Notícias
por saidnotlim Postado em Policial

Notas da Reunião do Legislativo Municipal – 27-10-14

Notas da Reunião do Legislativo Municipal em 27-10-14

Notas tomadas na reunião ordinária da Câmara Municipal de Jandaia do Sul:

1 – Vereador Brasileiro comentou a aplicação do Evangelho das missas do domingo (26) que diz: “…amarás teu próximo com todas suas forças… “,  dando ênfase à  ação que deve existir entre os cristãos quanto aos pobres e marginalizados de nossa sociedade, principalmente neste momento em que o governo faz políticas para ajuda-los.

2 – Vereador Wesley  agradeceu a presença do Miller Borba, Chefe de Governo na administração do ex-Prefeito José Borba, e também agradecendo pela contribuição que o Miller deu em todas as solicitações feitas por ele, principalmente na solução do problema da água na Vila Rural Paraíso. Agradeceu também a presença do ex-Prefeito Neco, Manoel Fernandes Maciel .

3 – Vereador Professor Milton agradeceu a atuação dos membros do EJA – Educação para Jovens e Adultos na alfabetização  que fazem em nossa cidade.  Lembrou ainda, a instalação de 14 novos aviários no município, principalmente na Estrada do Rochedo e que geram receitas para o município.

4 – Vereadora Célia solicitou ao Prefeito Municipal que estude uma forma de fazer a reposição salarial dos funcionários públicos municipais que se encontram defasados. Solicitou ainda que providencie as cestas de Natal para os funcionários públicos. Agradeceu também a presença do Ex-Prefeito Neco e Miller Borba.

5 – Presidente da Câmara, Zé da Gruta, além de agradecer aos presentes, inclusive o Miller e o Neco, lembrou que neste segundo mandato da Presidente Dilma, com certeza lideranças políticas jandaienses em Brasília serão brindadas com cargos, como o ex-Prefeito e ex-Deputado José Borba que já recebeu convite para estar em Brasília, convidado que foi pelo Vice-Presidente Michel Temer para com certeza ocupar algum cargo de relevância na administração Federal.

                                                           ________________________________________

O Resumo da Sessão será publicado assim que for recebido da Diretora da Câmara, Srª Andrea Zani.

_________________________________________________________________________________________

Prometeu, tem que cumprir: confira as principais propostas da presidente reeleita

Abaixo, confira as principais propostas da presidente reeleita e faça valer seu direito de cidadão

Dilma Sorrindo

Dilma Sorrindo

A campanha da petista endossou as realizações do governo federal nos últimos 12 anos, período em que o partido esteve no poder. O reforço do que já foi feito servia como base para as propostas registradas no Tribunal Superior Eleitoral, já que, em geral, o alicerce do novo mandato é a ampliação de programas que já existem. Abaixo, confira as principais propostas da presidente reeleita e faça valer seu direito de cidadão: cobre para que as promessas sejam cumpridas.

CRESCIMENTO ECONÔMICO

– Fortalecimento de uma política macroeconômica sólida, intransigente no combate à inflação e que proporcione um crescimento econômico e social robusto e sustentável.

– Crescimento econômico estimulado pelo aumento da taxa de investimento da economia e pela ampliação de um mercado doméstico sólido e dinâmico.

– Expansão dos investimentos em infraestrutura, de todos os tipos. Das estradas aos parques industriais.

– Prosperidade social que seja acompanhada pela geração de oportunidades para todos, por meio dos programas de inclusão dos historicamente excluídos e da educação para elevar a formação e a qualificação científica e técnica de nosso povo.

– Compromisso com o Brasil Produtivo: as políticas Industrial, Científica, Tecnológica e Agrícola vão atuar para reduzir os custos de investimento e produção, estimulando nossa capacidade de inovação, reduzindo os custos logísticos e melhorando o ambiente de negócios do país.

-Incentivar o empreendedorismo ao reduzir drasticamente a burocracia, que impõe um alto custo para as empresas.

– Promover novos aprimoramentos na legislação para progressivamente universalizar a cobertura do Simples Nacional e concluiremos esse processo com a implantação da REDESIM.

– Incentivar a ampliação da presença de micro e pequenos empreendedores nos cursos, em especial de gestão, na segunda fase do PRONATEC.

– Estimular a participação desses empreendedores nas compras públicas, fortalecendo os pequenos negócios.

– Implantar as Plataformas do Conhecimento, estratégia para acelerar a geração de inovação no Brasil. Elas preveem a criação de um ecossistema de inovação, no qual a interação entre cientistas, instituições de pesquisa e empresas permitirá acelerar a produção de conhecimento e sua transformação em produtos e processos.

– Enfrentar o debate sobre a estrutura tributária nacional tão importante para os rumos de nosso desenvolvimento.

EDUCAÇÃO

– Ampliar cada vez mais o acesso ao ensino, em todos os níveis – desde as necessárias creches até os mais especializados cursos –, manterá esse setor da vida pública como o responsável pelo êxito das metas de várias outras áreas da administração pública.

– Ampliar a produção da Ciência, da Tecnologia e da Inovação necessárias para que o Brasil ingresse efetivamente numa sociedade do conhecimento.

– Destinar os recursos originários da exploração do petróleo, no pré e no pós-sal, para as ações nessa área. No novo governo de Dilma, estarão gradativamente disponíveis para a Educação 75% dos royalties do petróleo e 50% dos excedentes em óleo do pré-sal.

– Implementar o Plano Nacional de Educação (PNE), sancionado no último ano de governo.

– Universalizar a educação infantil de 4 a 5 anos até 2016.

– Ampliar e qualificar a rede de educação em tempo integral, de forma que ela atinja até 20% da rede pública, até 2018.

– Garantir, com o PRONATEC, a formação plena da juventude brasileira, com acesso ao conhecimento científico e tecnológico, por meio de um Pacto Nacional pela Melhoria de Qualidade do Ensino Médio, até 2016.

– Conceder, no período 2015-2018, mais 100 mil bolsas do Ciência sem Fronteiras.

– Aceitar o desafio de valorizar o professor, com melhores salários e melhor formação.

– Criar 12 milhões de vagas para cursos técnicos até 2015, na segunda fase do Pronatec-2, no sentido de qualificar trabalhadores.

SAÚDE

– Expandir do Programa Mais Médicos.

– Ampliar a rede de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) destinadas ao atendimento de emergências de baixa e média gravidade.

– Estender as redes de atendimento especializado, com a qualificação dos serviços hospitalares; o fortalecimento e a universalização do SAMU e a ampliação do acesso da população a medicamentos.

– Evitar a superposição de investimentos e de planejar com mais eficiência a distribuição dos serviços de saúde públicos.

– Reafirmar o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

SEGURANÇA PÚBLICA

– Ampliar a presença do Estado em territórios vulneráveis, por meio do incentivo à adesão dos Estados ao Programa Brasil Seguro e ao Programa Crack, é Possível Vencer.

– Criar a Academia Nacional de Segurança Pública, para formação conjunta das polícias, formulação e difusão de procedimentos operacionais padronizados e formação de analistas.

– Integrar as instituições de segurança pública no País.

REFORMA POLÍTICA

– Assegurar a participação popular, por meio de um plebiscito que defina a posição majoritária sobre os principais temas.

– Combater sem tréguas à corrupção, devem fazer parte da urgente transformação do sistema político e eleitoral brasileiro.

– Combater a impunidade de corruptores e de corruptos, por meio de mudanças na nossa legislação, especialmente por meio de uma reforma de nosso processo penal

– Definir regras claras para o financiamento de campanhas eleitorais.

– Fornecer ao cidadão mecanismos de controle mais abrangentes sobre os seus representantes bem como mais espaços para participar das decisões do governo em todos os níveis.

– Utilizar o Governo Digital, por meio da internet, para que o cidadão acompanhe, com facilidade e transparência, a destinação dos recursos públicos.

– Realizar reforma federativa que defina melhor as atribuições dos entes federados – União,

ESTADOS E MUNICÍPIOS

– Criar o Sistema Nacional de Participação Popular, que terá a função de consolidar as formas de participação colocadas em prática nos governos Lula e Dilma e institucionalizá-las. A proposta é transformar a participação popular em uma cultura de gestão, sem conflitos com o Legislativo.

POLÍTICA AMBIENTAL

– Fortalecer a coordenação intergovernamental, em âmbito nacional, de modo a somar os esforços da União àqueles dos Estados e municípios, em especial nas áreas de licenciamento ambiental, recursos hídricos, mudança climática e florestas.

– Aprofundar o processo de modernização do licenciamento ambiental em curso com a regulamentação da Lei Complementar 140.

– Priorizar a segurança hídrica, mobilizando ações compartilhadas e concatenadas das três esferas de governo para que as necessidades de uso múltiplas da água – consumo humano, irrigação, hidroelétricas, pecuária e outros – sejam levadas em conta de forma racional e sustentável.

– Combater o desmatamento, em especial na Amazônia, e acelerar a implementação dos planos setoriais previstos no Plano Nacional de Mudança Climática.

– Acelerar a implementação do Cadastro Ambiental Rural – peça fundamental do novo Código Florestal – que envolve a integração entre o Governo Federal e as administrações estaduais.

URBANISMO

– Promover a reforma urbana, para melhorar a qualidade de vida da população urbana, que hoje representa 81% dos brasileiros.

– Equacionar o déficit habitacional, a questão da mobilidade urbana, do saneamento e da segurança pública.

– Ampliar o programa Minha Casa Minha Vida, para garantir a oferta, nas grandes cidades, dos espaços necessários para a construção da casa própria.

– Perseguir a universalização do saneamento básico, com destaque para a universalização do abastecimento da água tratada e a expansão em todo o território nacional do esgotamento sanitário e do seu tratamento.

DIREITOS HUMANOS E IGUALDADE

– Manter a luta pelos direitos humanos se mantém, sempre, como prioridade, até que não existam mais brasileiros tratados de forma vil ou degradante, ou discriminados por raça, cor, credo, sexo ou opção sexual.

– Aumentar o empoderamento, autonomia e violência zero serão as diretrizes de nossas políticas para as mulheres no próximo mandato.

– Tornar realidade a Lei de Cotas no serviço público federal, sancionada em junho de 2014.

– Fortalecer o Programa Juventude Viva, para enfrentamento da violência contra jovens negros.

– Implementar o Programa Viver sem Limite, para garantir igualdade de oportunidades aos brasileiros e brasileiras com deficiência, com ações de acesso à educação, atenção à saúde, inclusão social e acessibilidade.

INFRAESTRUTURA

– Consolidar o desenvolvimento e interiorizá-lo – ou seja, atuar para reduzir radicalmente e estruturalmente as desigualdades regionais.

– Priorizar os modais ferroviários, hidroviários, e à navegação de cabotagem, reduzindo os gargalos existentes e implantando novas redes logísticas em eixos nacionais e regionais para o escoamento da produção e a circulação de pessoas.

– Continuar o processo de modernização e ampliação da capacidade das rodovias, dos portos e aeroportos.

– Potencializar o investimento público-privado. Seguiremos aprimorando os modelos de regulação, estimulando o mercado privado de crédito de longo prazo e o desenvolvimento de instrumentos de garantias para financiamento de projetos de grande vulto.

– Continuar o processo de expansão do seu parque gerador e transmissor para garantir a segurança do suprimento e a modicidade tarifária. Essa expansão ocorrerá de forma a manter a qualidade de nossa matriz energética, baseada em hidroelétricas e termoelétricas, fontes renováveis limpas e de baixa emissão de carbono, e complementada por fontes alternativas, como a eólica, a solar e a originária da biomassa.

– Universalizar o acesso a um serviço de internet barato, rápido e seguro.

– Continuar implementando o marco civil da internet para dar aos usuários garantias fundamentais como a liberdade de expressão, o respeito aos direitos humanos e à privacidade dos cidadãos, assegurando a neutralidade da rede frente a interesses comerciais ou de qualquer espécie.

– Desenvolver tecnologia necessária para levar o Programa Luz para Todos para localidades isoladas, com meta de 137 mil ligações entre 2015 e 2018.

GARANTIAS SOCIAIS

– Ampliar o conceito de busca ativa, para incluir as famílias mais pobres nos programas sociais.

– Manter este conceito – o Estado vai aonde os pobres estão – e por isso promover uma efetiva Reforma do Estado, colocando-o a serviço dos que mais precisam.

ESPORTE E CULTURA

– Avançar na Cultura e no Esporte, aprofundando os programas já estruturados e desenvolvidos em parcerias com os municípios, estados e sociedade civil.

– Acelerar a implantação do Vale Cultura para criar uma nova geração de consumidores culturais, favorecendo e estimulando a produção nacional.

– Implantar e fortalecer os Centros de Artes e Esportes Unificados e aos Pontos de Cultura.

– Criar o Brasil de Todas as Telas, a fim de fortalecer ainda mais a indústria audiovisual brasileira.

– Modernizar a organização e as relações do futebol, nosso mais popular esporte.

– Implementar o Plano Brasil Medalhas 2016 que, com investimentos de R$ 1 bilhão, estimulará 21 modalidades olímpicas e 15 paraolímpicas no ciclo olímpico de 2013 a 2016.

– Continuar os investimentos para construção dos Centros de Formação Olímpica em todo o Brasil, inclusive o Centro Paraolímpico Brasileiro, em São Paulo.

– Continuar o Bolsa Atleta, auxílio financeiro que permite a nossos jovens atletas se dedicarem com afinco à sua formação e aprimoramento técnico.

– Construir 285 unidades dos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE) em 163 municípios de todos os Estados e no Distrito Federal.

POLÍTICA INTERNACIONAL

-Priorizar a integração da América do Sul, América Latina e Caribe, fortalecendo o MERCOSUL, a UNASUL e a Comunidade dos Países da América Latina e Caribe (CELAC), sem discriminação de ordem ideológica.

– Enfatizar as relações com a África, com os países asiáticos – a China é nosso principal parceiro comercial – e com o mundo árabe.

– Dar importância aos países do sul do mundo, que tem expressão concreta nos BRICS, sem desconsiderar as regiões desenvolvidas, como os Estados Unidos, União Europeia e Japão.

– Marcar a presença do Brasil no mundo pela defesa da democracia, pelo princípio de nãointervenção e respeito à soberania das nações.

Fonte: AN Notícias com Gazeta do Povo